Educação física infantil: Diferentes modalidades para experimentar

Você já sabe que OMO acredita que se sujar faz bem. Nós acreditamos que é muito importante que as crianças sejam ativas, explorem e tenham novas experiências, mesmo que eles se sujem! É por isso que as crianças devem ser fisicamente ativas e que experimentem todos os tipos de esportes e jogos. Neste podcast nós discutiremos os diferentes tipos de esportes para crianças. Clicando no link a seguir você pode ouvir a primeira parte deste podcast “Esporte infantil: As vantagens da prática de exercícios físicos” Nós falaremos hoje com Chrissie Gallagher e Carlos de Sousa, dois profissionais esportivos que trabalham com crianças no Reino Unido. /[audio mp3="www.omo.com/brwp-content/uploads/PodcastBR_part2_v3.mp3"]/[/audio]  

 

Diferentes esportes para as diferentes idades

Para as crianças mais novas, a escolha da atividade física ou do esporte ideal varia de criança para criança e depende de outros aspectos como seu desenvolvimento físico e mental. Acompanhe as sugestões de Chrissie: “Eu realmente não acho que existe uma idade específica em que você pode dizer 'esta criança pode começar este esporte, e essa pode começar aquele. Eu acho que tem muito a ver com a genética da criança e como eles se desenvolvem... a rapidez com que crescem, a rapidez com que eles se fortalecem e assim por diante.” Apesar de tudo, existem algumas diretrizes que você pode seguir. As crianças mais jovens, por exemplo, ainda estão desenvolvendo seu equilíbrio e agilidade. Por isso, é melhor ter isso em mente quando se considera os diferentes tipos de esportes para as crianças. Segundo Carlos: “Quando crianças com menos de sete anos jogam futebol, elas têm dificuldade para manter o equilíbrio em um pé só. Quando você joga futebol, você tem que correr e chutar a bola. Então, se você ainda não tiver um bom equilíbrio é muito mais difícil de ser tornar um bom jogador.” Por isso brincadeiras com bola podem não ser as mais adequadas para o seu filho pequeno, talvez seja melhor que ele se exercite brincando no playground.

 

Como escolher exercícios para educação física infantil

Agora, existem muitos tipos diferentes de esportes para experimentar – mas como você pode ajudar os seus filhos a encontrar um esporte ou atividade que seja boa para eles? É importante perguntar às crianças o que elas querem fazer - se elas não gostam de um determinado esporte, então é muito provável que elas desistam. Lembre-se que praticar esportes deve ser divertido e agradável. Você não deve forçar a criança a fazer algo que ele ou ela não quer fazer - eles têm que descobrir por si mesmos.

 

A importância dos pais

Nossos especialistas concordam que também é importante para você, como pai, dar um bom exemplo para os seus filhos – muitas vezes os pais são os modelos das crianças, eles procuram orientação e apoio no pai e na mãe. Segundo Chrissie: “Eu acho que, como pais, é importante liderar pelo exemplo. Seus filhos seguem o que você faz, então, se eles te verem passando tempo ao ar livre, fazendo exercício ou esporte, eles entenderão que isso faz parte de uma rotina normal. No entanto, se eles tiverem pais que nunca fazem isso, então, talvez eles não terão chance de entender isso. Ainda assim, mesmo se os pais não praticarem nenhum esporte, isso não significa que eles não possam oferecer a oportunidade de sair e fazer coisas diferentes.” É importante que os pais tenham uma postura positiva em relação aos esportes e exercícios para crianças. Você pode mostrar aos seus filhos que você entende a importância do exercício físico e o valor da atividade física. “Basta ter um comportamento positivo.” É o que sugere Carlos. Eles só querem ver você fazer as coisas, e eles vão pensar: “Eu posso fazer isso também." Também é importante apoiar o seu filho independentemente do esporte ou brincadeira que escolher - isso pode ser muito importante para o desenvolvimento de uma criança. A especialista Chrissie recomenda: “Acho que a melhor coisa para motivar a criança a buscar uma educação física infantil ou uma atividade é apoiá-los e, talvez, ir vê-los. E estar ali, os motivando. Eu acho que é importante não interferir com o treinador e as pessoas que estão realmente no campo lidando com essas coisas, e tentar se conter, porque você vê pais que se envolvem demais. Ensine as crianças a cuidarem de si mesmos, ensine sobre a importância da alimentação e manter-se hidratados,  a estarem sempre preparados e terem as roupas ou equipamento certos ou o que eles precisarem.”

 

Recomendações de diferentes tipos de esportes

Existem tantos tipos diferentes de esporte, desde brincadeiras com bola, atividades no playground até futebol e aulas de ballet! Pode ser até difícil de escolher. Nossos especialistas recomendam uma variedade de esportes que você e o seu pequeno podem tentar, incluindo o handebol, o judô ou karatê, a capoeira, ou corrida. Na opinião de Carlos: “Eu recomendaria qualquer esporte em que você pode usar as mãos, por exemplo, o handebol. O handebol é um jogo incrível que é uma mistura de três jogos: o netball, o basquete e o futebol. É um jogo brilhante. É um jogo muito físico, e você pode trabalhar muitas das habilidades que você usa ao longo da vida. Tempo, velocidade, equilíbrio, força, e você também tem que trabalhar bem em equipe.” No entanto, você não tem que escolher esportes organizados – atividades recreativas, brincadeiras no playground e jogos em casa ou com os amigos também são muito divertidos e beneficiam o desenvolvimento da criança. O mais importante é se levantar do sofá e se divertir - nunca é cedo ou tarde demais para estimular as crianças a serem mais ativas! Para mais dicas e ideias de atividades para crianças, visite o site de OMO.