Esporte infantil: As vantagens da prática de exercícios físicos

Este é um podcast educacional de OMO que discute os benefícios dos esportes e exercícios para crianças! Esportes e atividades recreativas são muito importantes para o desenvolvimento infantil. E justamente por isso nós de OMO acreditamos que Se Sujar Faz Bem.

Sempre que as crianças voltam para casa com manchas de barro ou grama em suas roupas, depois de um dia de muita aventura e diversão, isso significa que elas tiveram a chance de aproveitar a vida, explorar, brincar e aprender coisas novas! Neste podcast falaremos com especialistas sobre a importância dos exercícios para crianças e os benefícios promovidos pelo esporte infantil para a saúde física e mental.

Em um próximo podcast, falaremos sobre os diferentes esportes para crianças e como fazer para descobrir qual é o melhor esporte para o seu pequeno. Hoje conversaremos com Chrissie Gallagher e Carlos de Sousa, dois profissionais do esporte que trabalham com crianças no Reino Unido. Leia o resumo do podcast abaixo!  

Confira a segunda parte do podcast aqui

"Educação Física Infantil: Diferentes Modalidades para Experimentar"

A importância dos exercícios para crianças e os benefícios do esporte infantil

A prática esportiva tem uma influência muito positiva nas crianças e seus benefícios podem se estender ao longo de toda a vida. A prática do esporte infantil permite que as crianças possam ao mesmo tempo cuidar da saúde, fazer novas amizades, e aprender como fazer parte de um time - coisas muito importantes que com certeza ajudarão os pequenos durante todo o processo de crescimento até a vida adulta.

Iremos considerar alguns desses benefícios. Para começar, iremos discutir como os esportes podem beneficiar a saúde da criança. É claro que manter-se ativo faz bem para a saúde física. Porém, existem benefícios mais específicos que os esportes proporcionam aos pequenos: Chrissie: “Elas também usam os músculos, o que é de clara importância.

Muitas crianças hoje em dia gastam muito tempo sentadas de frente para o computador, por isso, é muito importante estimular atividades que façam com que eles corram por ai. Quando você corre, os músculos puxam os ossos e essa ação estimula o crescimento ósseo. Obviamente queremos estimular quanto mais crescimento ósseo e fortalecimento dos ossos for possível até cerca de trinta anos de idade.” As suas crianças também vão melhorar nos aspectos de coordenação motora e equilíbrio – e praticando esportes e atividades recreativas também vai ter um impacto sobre a atitude do seu filho em relação a comida e nutrição.

Benefícios mentais e sociais os exercícios para crianças

Os esportes infantis também trazem outros benefícios que geralmente não são muito evidentes para os pais. Estas atividades podem ajudar as crianças a criar uma autoestima e melhorar a sua saúde mental. Segundo Chrissie: “Obviamente, eu acho que há todo um aspecto mental.

Esporte, um pouco como qualquer exercício físico, libera endorfinas e assim o praticante começa a sentir-se bem... eles estão correndo livremente e liberando energia... Eu também acho que o esporte proporciona um repouso cognitivo porque eles não estarão sempre em frente à tela do computador, do Gameboy e de todas essas coisas que as crianças usam hoje em dia. Então, eu acho que é bom mentalmente. E, novamente, se você considerar que o sangue flui mais, eu acho que isso também é bom para a saúde mental.”

Quando as crianças praticam esportes como jogos de futebol infantil, vôlei e até natação elas começam a estabelecer laços com os colegas e a se divertir com estes novos amigos. Esse aspecto social pode ser muito importante e Carlos nos contou sua perspectiva sobre o assunto: “Esportes de time oferecem uma oportunidade para as crianças fazerem mais amigos, e, mais do que qualquer outra coisa, se divertirem. Essa é a ideia principal para as crianças que praticam esportes: diversão. É o mais importante, porque se eles não gostam da atividade, não existe razão para eles ficarem.”

Aspectos negativos do esporte infantil e brincadeiras

Perguntamos aos nossos especialistas se existem aspectos negativos relacionados à prática esportiva - e eles nos disseram que, como a maioria das coisas, a competição, despesas e pressão dos pais podem ser vistas como aspectos negativos. Mas, esses pontos negativos podem ser remediados facilmente e até mesmo tornarem-se boas oportunidades de aprendizado para os seus filhos.

Muitas vezes as crianças podem acabar ficando mais competitivas - às vezes por causa de pressão dos pais - mas este comportamento pode ser alterado de uma forma positiva. Chissie apontou para aspectos importantes deste problema: “Algumas crianças acabam ficando muito competitivas e podem até mesmo terem crises de raiva, mas geralmente, na verdade os pais são muito piores.

As crianças têm a capacidade de aprender que eles têm de recuar um pouco e aprender a ter um pouco de paciência, ou aprender que eles não podem ganhar sempre, então eu acho que, na verdade, tudo se torna positivo.” E ser competitivo não é necessariamente uma coisa ruim - quando as crianças jogam algum esporte competitivo, elas aprendem sobre como lidar com a vitória e com a derrota, o que é uma habilidade importante para a vida!

Dicas de limpeza para todas as necessidades da casa. Se você está combatendo as manchas, clique aqui e descubra como limpar quase tudo!