As melhores brincadeiras infantis antigas

Os nossos pais e avós cresceram em uma época em que videogames, televisão e computadores não existiam ou então eram artigos raros e de luxo. Por isso, as brincadeiras infantis comuns às gerações deles foram jogos feitos na rua ou no quintal.

Tais jogos não necessitam de uma grande quantidade de materiais e sua simplicidade não compromete a diversão das crianças. Abaixo, você encontrará algumas brincadeiras de antigamente que irão entreter seus pequenos e possibilitar que eles brinquem ao ar livre sem o uso de grandes artefatos tecnológicos.

1) Pique altinha:

Existem milhares de tipos de “pique”, como o “pique-pega”, “pique-fruta”, “pique esconde”, mas um dos mais divertidos e nem sempre um dos mais comuns é o “pique altinha”. Nesta variação desta brincadeira de antigamente, a criança que está correndo atrás das outras só pode pegá-las quando elas não estão subindo em algum objeto. Desde que os participantes estejam em cima de alguma coisa, eles estarão imunes.

2) Pular corda:

Além de ser um ótimo exercício físico, pular corda é uma atividade super divertida e que pode ser feita ao ar livre. Com uma corda longa, duas crianças podem bater a corda enquanto uma outra pula. É interessante contar o número de saltos e fazer uma competição para saber quem consegue pular mais sem errar.

3) Queimada:

Um dos jogos escolares e de rua mais antigos, a queimada possibilita que as crianças pratiquem seus reflexos, mira e corrida. As crianças precisam se dividir em dois grupos e traçar uma linha no chão. Um grupo começa em posse da bola e arremessa a mesma visando a acertar alguém do grupo contrário. A equipe que ‘queimar’ todos os participantes do outro grupo, vence.

4) Cama de gato:

É uma brincadeira que treina a paciência e o raciocínio das crianças. É necessário cortar um pedaço de barbante e amarrar suas pontas para que se forme um círculo. Existem vários movimentos e figuras que se podem formar com essa brincadeira. Assista ao vídeo para se ter uma idéias de como é o movimento de mãos: http://www.youtube.com/watch?v=5oxFy9lRWiQ

5) Bolinhas de gude:

O jogo de bolinhas de gude se assemelha a um jogo de golfe em miniatura, mas neste caso, as bolas são manuseadas diretamente e sem o auxílio de nenhum outro instrumento. Para esta brincadeira antiga, é necessário cavar pequenos buracos na terra. Depois, cada participante terá sua vez para tentar encaçapar suas bolinhas ou então se chocar intencionalmente com as bolinhas de seus adversários para que se elas distanciem do alvo. Por fim, brincadeiras tradicionais podem ser tão divertidas quanto os jogos modernos. É interessante oferecer às crianças o conhecimento sobre tais brincadeiras e possibilitar que elas sejam feitas em ambientes abertos e seguros.

E para mais exemplos de brincadeiras antigas, como “amarelinha”, “pipa”, “passa anel”, “pião” e “escravos de jó”, veja o website a seguir:

http://www.brasilescola.com/dia-das-criancas/resgatando-brincadeiras-antigas.htm.

Clique aqui para mais atividades infantis!

Dicas de limpeza para todas as necessidades da casa. Se você está combatendo as manchas, clique aqui e descubra como limpar quase tudo!