Brincadeiras do tempo do papai

É fato: quando crianças, os papais tinham brincadeiras bem diferentes daquelas que os seus filhos estão acostumados. Nas brincadeiras infantis antigas, o que importava era a diversão e a interação com os amigos. Como o computador e o videogame não eram acessíveis a todos, o que mandava nessa época era a criatividade.  

Saia da mesmice se divertindo com as brincadeiras populares antigas

OMO tem uma sugestão que você vai amar: resgatar formas antigas de se divertir. A ideia é pedir para o papai ensinar os jogos e brincadeiras infantis antigas aos seus filhotes. Além de ele reviver os bons tempos de criança, se divertir com as brincadeiras de antigamente vai ser um momento de aproximação da família.   Para ajudar com essa tarefa cheia de amor, temos algumas sugestões: tacobol, pipa, bolinha de gude, zarabatana, futebol de botões, bilboquê e até pintura de miniaturas.

Queremos ouvir as brincadeiras de antigamente que seus companheiros tiraram do fundo do baú para alegrar os pequenos. E se a memória falhar na hora de explicar as regras, consulte a internet.  

Brincadeiras antigas e como se brinca: como se lembrar de tantos jogos?

Como existem muitas brincadeiras populares antigas, é normal os pequenos enjoarem de alguma e não saberem onde procurar outras distrações. Que tal criar um caderno com a lista de seus jogos favoritos? Assim, quando estiverem resgatando brincadeiras antigas e chegar um novo amiguinho, ele pode consultar a sua “brinquedopédia” personalizada.

Além de fazer o filhote escrever e desenhar mais, essa atividade incentiva a organização.  

Agora você já pode se divertir com as brincadeiras de antigamente e brincar com a família e os amigos até cansar e se sujar bastante! Depois, OMO vai estar aqui para te ajudar. Divirta-se!