Conheça a história da brincadeira amarelinha


Nove quadradinhos numerados no chão, uma pedrinha ou moeda e está pronta a brincadeira! A amarelinha, que é de origem francesa, fez parte da lembranças de muitas mamães e papais, não é?

Nesta semana, vamos falar de brincadeiras que existem faz tempo e continuam divertindo crianças de várias gerações. Hoje, vamos contar a história da brincadeira amarelinha e trazer algumas dicas de jogos para que você possa ensinar esse passatempo tão divertido aos pequenos.

Origem da amarelinha no Brasil

A amarelinha foi trazida ao Brasil pelos portugueses e rapidamente se tornou popular pelo fato de poder ser jogada em praticamente qualquer lugar com um pouco de espaço livre. 

E uma curiosidade: em algumas regiões do Brasil, a brincadeira recebe o nome de academia, maré, sapata, avião ou macaca. 

Como jogar amarelinha: regras

As linhas podem ser desenhadas com giz ou mesmo usando um graveto na terra. Depois, basta numerar os quadrados de 1 a 9 e nomear o último espaço como "Céu".

A brincadeira consiste em jogar uma pedrinha ou outro objeto em uma das casas numeradas e, a seguir, percorrer, pulando com uma perna só, todo o caminho traçado sem pisar na casa marcada, e recolher a pedrinha na volta. 

Não se pode pisar nas linhas ou se esquecer de retirar sua pedrinha do lugar.

Variações do jogo amarelinha

O jogo possui dezenas de variações, mudando, principalmente, de formato, como, por exemplo, a amarelinha em forma de caracol, que também é bastante conhecida por aqui.

O blog Criando Crianças uniu as principais regras do jogo em um post ilustrado, para aqueles que quiserem relembrar exatamente como brincar de amarelinha.

Além disso, ainda apresenta algumas outras modalidades da brincadeira, para você arriscar em casa com as crianças. Para dar um toque especial ao nosso post, a artista Carla Caffe foi convidada para ilustrar a brincadeira, gostaram?

Agora, temos uma ideia para os pequenos usarem o desenho: primeiro, clique aqui para baixar a imagem e imprimi-la em preto e branco. Depois, é a vez das crianças colorirem com suas cores preferidas. Os pais também podem participar, ajudando as crianças a fazer uma moldura para pendurar o quadrinho na parede.

Esta semana, em comemoração ao dia das crianças, teremos mais duas sugestões de brincadeiras super legais! Não percam! ;)