Brincadeiras e jogos para crianças

Vamos empinar pipa? Conheça a história e dicas para brincar

Conheça a história desse passatempo milenar e aprenda como fazer a sua própria pipa. Também mostramos algumas dicas de segurança.

Atualizado

Quem morou ou mora em lugares mais afastados dos grandes centros urbanos, com certeza tem boas recordações das pipas que dançam e colorem o céu nas tardes ensolaradas. Esse brinquedo, que tem mais de 2000 anos de história, ainda encanta crianças e adultos, e é uma ótima brincadeira para pais e filhos fazerem juntos. Dizem que a primeira pipa do mundo surgiu na China, duzentos anos antes de Cristo. Ela tinha finalidades militares e servia para ajudar a medir a distância entre dois lugares. Com o passar do tempo, o que era instrumento de guerra tornou-se também uma arte no país, espalhando-se por todo o mundo.

Apesar de ainda terem sido muito usadas em guerras para enviar mensagens secretas aos aliados, no oriente, as pipas assumiram um significado mais religioso, simbolizando sorte, felicidade e afastando os maus espíritos. Por isso, foram ficando cada vez mais bonitas e coloridas. No Brasil, o brinquedo chegou pelas mãos dos portugueses ainda durante a colonização.

Hoje, a pipa, que também é chamada de papagaio ou arraia, faz sucesso com a criançada, que brinca com as pipas em sítios, parques e até mesmo nas ruas. Existem até mesmo festivais e campeonatos criados apenas para pipas, que enchem o céu com mil cores e formas e atraem centenas de pessoas para assistir ao lindo espetáculo. Para quem quer relembrar a infância e se aventurar a fazer a própria pipa, o portal Klick Educação tem um tutorial passo a passo. Os procedimentos são simples, e a atividade é ideal para os pais fazerem junto com os pequenos.

Além disso, muitos dos materiais necessários podem ser encontrados em casa mesmo. Na hora de curtir a brincadeira de empinar pipa, nunca é demais relembrar alguns cuidados básicos para evitar acidentes: * não brincar próximo à rede elétrica, para evitar choques que podem por a vida em risco; * não usar fios metálicos ou laminados para prender a pipa porque esses materiais conduzem eletricidade;

  • Não tentar soltar papagaios presos na rede elétrica;
  • Não empinar pipa em dias de chuva ou vento muito forte;
  • Prestar atenção aos buracos e outras irregularidades do chão quando correr pra puxar a linha;
  • Não subir em lajes ou telhados para buscar pipas;
  • Não usar cerol, para não se machucar ou machucar os amigos;
  • Prefira pipas que não precisam de rabiola.

Depois dessas dicas, prepare-se para montar sua arraia e se divertir! Que tal chamar as crianças para o campeonato da pipa mais colorida? Nessa brincadeira, todos ganham e têm um delicioso momento em família. Se você não tem um espaço adequado para empinar pipa, a imagem de hoje – feita especialmente por Carla Caffe para OMO – pode ser transformada em um quebra-cabeças bem legal. É só baixar o desenho aqui, imprimir, colar em um papel cartão e recortar as peças. ;)

Foto: Pixabay

Esse artigo foi útil?