Vamos soltar pipa?

Soltar pipa pode até parecer difícil, mas é mais simples do que se imagina. Basta juntar a família e escolher a pipa e o lugar certo. Se você nunca teve essa experiência incrível, recomendamos sentir a sensação de leveza e liberdade que a brincadeira oferece. Além de render ótimos momentos com as pessoas queridas, ela desenvolve várias habilidades nos pequenos.

 

Soltar pipa: uma longa história

Apesar de hoje ser uma brincadeira, antigamente empinar pipa era uma arte. O primeiro lugar de que se tem o registro do uso da pipa é na China, que já possuía os melhores materiais: o resistente fio da seda, a leveza e a resistência do bambu e a seda para capturar o vento. Você acredita que usavam as pipas para enviar mensagens, medir distâncias, testar o vento e até em missões militares? Compartilhe essa informação com o seu filho.  

 

Brincar de pipa: os detalhes

Soltar pipa é uma ótima opção de lazer para as crianças, e elas vão adorar os preparativos, que são como um ritual de diversão. O primeiro passo é encontrar a pipa ideal. A variedade de modelos é enorme: desde os mais básicos até os formatos inusitados, como dragões e pássaros. Os materiais também variam entre frágeis, como papel, e sintéticos, bastante resistentes. Ajude o filhote a fazer a melhor escolha.  

 

Empinar pipa: lugar certo, hora certa

Depois de escolherem a pipa. A dica é encontrar um local aberto. Quanto mais espaço, melhor. Até as árvores atrapalham os fios. Além disso, o clima precisa colaborar para soltar as pipas. Se o dia estiver com uma leve brisa, é um ótimo sinal. Mas tome cuidado com a chuva, especialmente com os raios. Nesse caso, o ideal é mudar de brincadeira. Por isso, tenha sempre um plano B e verifique a previsão do tempo antes de sair de casa.

 

Como soltar pipas com segurança

Além da sua companhia integral, é muito importante conversar com os pequenos sobre segurança. Evite locais perto de ruas, estradas, fios de eletricidade ou aeroportos. Parques, campos e praias são as melhores escolhas. E não se esqueça de ter atenção na hora de correr: outros esportistas ou até pequenos obstáculos podem estar no caminho.  

 

Como soltar uma pipa: simples assim

Agora, prepare-se para o trabalho em equipe. O seu filho deve ficar contra o vento segurando o fio, e você, a pipa na frente dele. Deixe o fio com cerca de 20 metros solto. No momento em que a criança perceber que o vento está mais forte, deve sinalizar para que você solte a pipa. Conforme ela se sinta confiante, pode soltar o fio aos poucos. E lembre: conforme a mudança de direção do vento, é preciso se reposicionar. Prontos para voar? Divirtam-se!