Dia da avó: 6 tipos de avós

Assim como existem vários tipos de pais e mães, com as vovós não é diferente. Geralmente elas costumam ser carinhosas, dar bastante liberdade para as traquinagens dos netos e como conhecem todas as brincadeiras de antigamente, entendem como ninguém o lema de OMO: se sujar faz bem. Mas é claro que nem todas são iguais. OMO listou alguns tipos de Vovós e suas principais características. Veja qual o tipo que mais se aproxima da avó dos seus filhos e tire mais proveito no próximo encontro entre eles, inclusive para saber mais sobre essas brincadeiras antigas!

 

Brincadeira da Vovó Mestre-Cuca

Quem tem uma vovó que adora fazer umas gostosuras na cozinha sabe como elas conseguem expressar o amor por meio dos temperos. Que tal colocar seu filho para ajudar a preparar algumas delícias com ela também? Outra boa ideia é botar a criançada para organizar um novo livro de receitas da vovó. Assim, você estará fazendo com que exista uma atividade em comum entre netos e avós, além de manter viva a tradição culinária da família.

 

Vovó contadora de histórias: como eram as brincadeiras de antigamente?

As vovós costumam ter muitas histórias para contar, principalmente aquelas relacionadas aos antepassados ou brincadeiras infantis antigas. Uma ótima ideia é pedir ajuda para os seus filhos para montar alguns aparelhos eletrônicos e registrar essas histórias. Hoje em dia você pode gravar vídeos incríveis com o seu celular, tablet ou até mesmo pela webcam do seu computador. Que tal uma sessão de “entrevistas” entre os seus filhos e a vovó sobre a história da família ou das brincadeiras do tempo da vovó?

 

Vovó brincalhona

Vovós que adoram uma brincadeira são uma delícia. Elas podem participar e se sujar em uma sessão de pintura a guache ou artesanato com as crianças. Elas podem brincar de alguns jogos que não exigem tanto movimento, como o Passa Anel . E também podem supervisionar brincadeiras de antigamente entre os netos: amarelinha, esconde-esconde e peteca, por exemplo.

 

Vovó dedicada

Em dias corridos como os de hoje, avós que moram perto da nossa casa podem ser uma grande ajuda! Em vez de gastar dinheiro com babás e escolinhas, deixar as crianças com as avós é uma experiência deliciosa e segura. Se ela for do tipo vovó dedicada, vai adorar passar esse tempo a mais com os netos. Apenas se certifique de estabelecer os limites que você julga necessários para não ter problemas depois. Guloseimas preparadas pela avó no meio da tarde, por exemplo, precisam ser negociadas previamente.

 

Vovó moderna

Para uma vovó ser considerada moderna, a idade não importa muito. O que vale é o estado de espírito. Se ela é do tipo que adora uma novidade, gosta de passear e não se incomoda com comportamentos considerados modernos, pode ser uma grande companheira e confidente dos netos. Muitas vezes os seus filhos podem achar mais confortável conversar com ela sobre assuntos como namoro, problemas de relacionamento e dúvidas da idade quando precisarem de um conselho mais experiente.

 

Vovó conservadora

O contraponto da vovó moderna é aquela vovó que vive repetindo que no tempo dela “é que era bom”. Você sabe que o mundo não está “perdido”, como ela diz, só porque o seu filho usa o cabelo moicano como o Neymar ou a sua filha está usando um pouco de esmalte. Apesar do exagero, você sabe que ela fala essas coisas por se preocupar com a família.

Explique isso aos seus filhos e incentive que eles sejam mais tolerantes com a opinião dos outros. Vai visitar a vovó conservadora? Não custa nada baixar o cabelo ou limpar as unhas por algumas horas, certo? E aí? A avó dos seus filhos se encaixa em alguma dessas categorias? Ou ela faz outro tipo de vovó?