4 dicas de alimentação para crianças infalíveis

Desenvolver bons hábitos alimentares é essencial para se tornar um adulto saudável. Por isso é tão importante cuidar da alimentação da criança, de modo que ela possa experimentar alimentos variados e treinar o seu paladar. Já na infância as crianças devem ser ensinadas sobre quais alimentos são bons e quais são melhor evitar, entre outros cuidados. Veja quatro dicas de alimentação saudável para crianças que vão ajudar efetivamente seu filho a comer melhor.

 

1) Alimentação saudável para crianças começa com bons hábitos

Comer bem é uma questão de hábito. E algumas pequenas mudanças na rotina da família podem fazer uma grande diferença na alimentação da criança. Confira quais são elas:

  • A maneira que se come é tão importante quanto o que se está comendo. O ideal é fazer as refeições em família, com todos sentando à mesa e, se possível, todos os dias no mesmo horário. Assim cria-se uma rotina.
  • Na correria do dia a dia, às vezes pode ser tentador comer na frente da TV ou lanchar no carro na volta da escola. Porém, uma refeição tranquila, longe das distrações, é melhor porque costumamos comer mais lentamente, prestando atenção no prato e saboreando de fato a comida.
  • Levar as crianças regularmente para fazer compras na feira também é um bom hábito. Com tantas opções de frutas e verduras coloridas disponíveis, isso pode acabar despertando a curiosidade dos pequenos.

2) Alimentos para crianças: quais são bons e quais são melhor evitar?

Tirando as restrições alérgicas, de modo geral, não existem alimentos proibidos na alimentação para crianças depois que elas terminam de desenvolver o seu sistema digestivo, lá pelos 3 aninhos de idade. Portanto, não há necessidade de cortar totalmente aquelas guloseimas que os pequenos adoram, mas controlar o consumo de certos alimentos, como balas ricas em açúcar, salgadinhos fritos e lanches industrializados. Procure lembrar a criança que essas guloseimas devem ser consumidas somente em pequenas quantidades e em ocasiões especiais, como uma festinha de aniversário ou uma ida ao cinema, e não são parte do cardápio do dia a dia.

 

3) Escolhas saudáveis são a chave da alimentação para crianças

Refeições balanceadas, que incluam proteínas, carboidratos e fibras, devem ser a base da alimentação da criança. Por isso, quando for pensar no cardápio do dia, tente incluir pelos menos um alimento de cada grupo alimentar. Procure, sempre que possível, fazer escolhas nutritivas. Você pode, por exemplo, substituir a batata-frita por pedacinhos de cenoura assada. Ou, então, trocar o pacote de bolacha recheada por um delicioso iogurte natural com granola e rodelas de banana. Alimentação saudável para crianças não precisa ser complicada, basta usar a criatividade! Confira aqui 10 ideias de lanches práticos e saudáveis para se inspirar.

 

4) Dicas de alimentação para crianças: reinventando o cardápio

Sabe aquela expressão que diz que comemos primeiro com os olhos? Isso é ainda mais verdadeiro quando falamos de alimentação para crianças. O visual da comida tem um impacto bastante poderoso sobre os pequenos. O jeito, portanto, é caprichar na arrumação do prato. Espetinhos coloridos de frutas, sanduíches naturais cortados com formatos inusitados ou legumes formando desenhos nos pratos, sem dúvida, ajudam a despertar o interesse das crianças. O que achou das dicas de alimentação saudável para crianças? Você sabe de mais algum truque para variar a dieta dos pequenos? Escreva suas sugestões e comentários abaixo. Foto: RubyDW

Dicas de limpeza para todas as necessidades da casa. Se você está combatendo as manchas, clique aqui e descubra como limpar quase tudo!