Alimentação Infantil

O principal alimento do bebê é sem dúvida alguma o leite materno. Mas com alguns meses de vida outros alimentos podem fazer parte do cardápio do pequeno. Sabe quais são eles? Veja aqui: 

De 0 a 6 meses 

  • Nesse período de vida, o único alimento deve ser o leite materno. E não fique achando que o pequeno está enjoado, o leite é tudo que ele precisa nesse momento.

Sem contar que ele está preparado apenas para fazer sucção, e não para mastigar. Essa habilidade ele irá aprender com o passar dos meses. Após 6 meses de idade

  • A partir desse período, o bebê já está pronto para conhecer novos alimentos e começa, então, a dieta sólida.

Opte por frutas amassadas, papinhas processadas no liquidificador e sucos de diferentes sabores. Já adaptado a esses alimentos, introduza o caldo de carne (magra – sem gordura) e aos poucos apresente ao pequeno o iogurte. Tudo com calma, mamãe, para ver se agrada o paladar da criança e se não causa nenhuma reação alérgica. Com 8 meses de vida

  • Já com alguns dentinhos, é possível oferecer frutas secas, como damasco, figo e ameixa. 

A partir de 12 meses

  • As frutas já não precisam estar amassadas ou trituradas. Corte uma maça, por exemplo, em partes pequenas e deixe a criança mastigar.

Carne, peixe e frango (tudo sem gordura) já podem ser inseridos nas refeições das crianças. Espiga de milho cozida costuma ser uma diversão nutritiva. Experimente incluir no cardápio! Açúcar e guloseimas em geral

Tente evitar, pelo menos no primeiro ano de vida da criança, (período em que você tem controle de sua alimentação) que ela ingira açúcar.  O motivo: carboidrato sem nutriente causador de cárie, diabete, colesterol e por ai vai. 

Deixe que as guloseimas façam parte de eventos, como festinhas. Assim, consumir açúcar não vira um hábito. E a dica mais importante que OMO pode dar, mamãe, é: consulte sempre um pediatra! ;)

Dicas de limpeza para todas as necessidades da casa. Se você está combatendo as manchas, clique aqui e descubra como limpar quase tudo!