São Paulo sem água: dicas para enfrentar a crise de água

A cidade de São Paulo vive a pior crise de abastecimento de água dos últimos 84 anos. Enquanto as chuvas não vêm com força suficiente para normalizar os níveis dos reservatórios, é preciso fazer economia para evitar que a falta de água em São Paulo se torne um problema ainda maior para os moradores da cidade. Veja a seguir algumas dicas para enfrentar a crise de água.

 

Crise da água: fazer a nossa parte é preciso

Mais do que nunca, é hora de unir esforços para enfrentar a crise da água. Como consumidores conscientes devemos fazer a nossa parte. E que tal colocar em prática algumas iniciativas para economizar água em casa com o apoio de toda família? Por exemplo, você pode incentivar mudanças de hábito nas crianças com brincadeiras para evitar o desperdício de água em casa. Tomar um banho mais curto pode virar uma competição divertida e ainda ensinar os pequenos sobre consumo consciente. Conheça esta e outras brincadeiras para economizar água clicando aqui.

 

Pensando em soluções para a crise da água

Reúna a família para colocar algumas ideias no papel sobre o que vocês podem fazer em casa para enfrentar a crise de abastecimento de água. Proponha algumas medidas simples para que todos consigam contribuir. Por exemplo, incentive um banho mais curto e que todos se ensaboem com o chuveiro fechado. Lavar e ensaboar as mãos com a torneira fechada também garante a economia de água. Peça que evitem deixar a torneira aberta por muito tempo ao escovar os dentes ou lavar a louça. Uma outra ideia é chamar os pequenos para regar as plantas com a água da chuva, que também pode ser usada na descarga ou na limpeza do quintal. Além destas medidas, também é possível enfrentar a crise de água poupando este recurso em outros setores da casa. Se tiver uma máquina de lavar-louça, prefira utilizá-la em sua capacidade máxima para evitar o desperdício de água. Faça o mesmo com a máquina de lavar roupa. Junte o máximo de peças e use a máquina no seu volume máximo para realizar uma lavagem e utilize a água do enxágue para lavar a calçada e o quintal. OMO já falou aqui no blog sobre 10 maneiras de economizar água na lavagem das roupas. Não deixe de visitar a postagem para conferir ou relembrar estas dicas! E lembre-se de fazer escolhas conscientes, consumindo em sua casa produtos que levam menos água na sua formulação como OMO Super Concentrado Progress+ e Comfort Concentrado. Por ser concentrado, uma embalagem de 1,05 litro de OMO Super Concentrado Progress+ equivale a três litros de detergente comum.

 

Como limpar a casa durante a crise de abastecimento de água

Um jeito de enfrentar a falta de água e ainda deixar a casa limpa é usar produtos de limpeza que dispensam o uso da água. Por exemplo, limpe os vidros da casa com um limpador específico. Aplique o produto na área em que deseja limpar e passe um pano seco para finalizar. A linha de limpadores Cif também também ajuda neste processo de economia de água. Escolha o produto mais adequado para cada superfície e em seguida passe um pano úmido. Também é possível reduzir o uso de água na limpeza do chão. Ao invés de esfregar e depois enxaguar o chão com água, dilua duas tampinhas de Vim Cloro Gel em um 1 litro de água e use esta solução com um pano úmido para limpar. Deixe agir por 5 minutos. Esta quantidade é suficiente para limpar e desinfetar um quintal de tamanho médio.

 

Crise de água: consumo consciente é responsabilidade de todos

Mesmo se o seu bairro ou cidade não tenha sido afetado pela crise de abastecimento de água, não custa nada fazer economia. Na verdade, você pode até sair ganhando. Já estão disponíveis descontos na conta de água para as residências que conseguirem reduzir o consumo em até 20%. Acesse o site da Sabesp para mais informações sobre o programa de bônus na sua região. Há outras dicas para lidar com a crise de abastecimento de água que você gostaria de ver por aqui? Compartilhe conosco as suas soluções para enfrentar a falta de água em São Paulo. Envie seus comentários e sugestões. Foto: 'Porque cada gota conta' - Nam Nguyen