Atividades lúdicas para crianças com síndrome de down

Crianças com síndrome de down têm um enorme potencial. Elas só precisam de um pouco mais de estímulo para aprimorar as suas habilidades. Por isso, a importância das atividades lúdicas para crianças com síndrome de down. Brincadeiras e jogos pedagógicos são ótimos para facilitar o aprendizado, já que eles ajudam a criança a se expressar e interpretar situações.

Além da comunicação, atividades educativas para crianças com síndrome de down também estimulam o raciocínio lógico e a coordenação motora. Confira a seguir algumas ideias de exercícios simples e atividades para crianças com síndrome de down que podem ser desenvolvidos no dia a dia para auxiliar o desenvolvimento da criança.

Atividades educativas para crianças com síndrome de down: coordenação motora

Despertar a curiosidade da criança é a melhor estratégia para desenvolver atividades para criança com síndrome de down. Bebês, por exemplo, adoram brinquedos coloridos e que produzem sons. Por isso mesmo é que eles são grandes aliados na hora de trabalhar a coordenação motora.

Procure usá-los para exercitar movimentos com a criança. Troque o brinquedo de mãos, faça arremessos ou brincadeiras como ‘batata quente’, que exercitam os reflexos e a agilidade. Brincar com massinha de modelar pode ser muito divertido para crianças pequenas. Além de descobrir novas texturas, a criança também aprende a explorar formas e cores. Já montar quebra-cabeças é uma ótima atividade para auxiliar a coordenação motora, bem como o raciocínio. Dançar, brincar de esconde-esconde e jogar amarelinha são outros bons exemplos de atividades lúdicas para crianças com síndrome de down, pois fortalecem a musculatura, ajudando os pequenos a terem mais controle do seu corpo.

Atividades lúdicas para crianças com síndrome de down: linguagem

Você pode estimular a fala já desde os primeiros meses de vida conversando com o seu bebê. Historinhas, canções de ninar são ótimos recursos para a criança se familiarizar com as palavras, melhorando o vocabulário e a pronúncia. Apresente as palavras usando exemplos e use os termos novos com maior frequência. A repetição é importante nas atividades de alfabetização para crianças com síndrome de down, pois ajuda a fixar o aprendizado. Por exemplo, quando for falar sobre um gato, mostre um para ela. Ou então, se estiver contando sobre as flores no jardim, aponte as plantas para o pequeno. As crianças tendem a aprender melhor através da memória visual. Por isso, mostrar os desenhos dos livros infantis enquanto você lê uma historinha também é uma ótima pedida.

Atividades para criança com síndrome de down: interação social

Também é importante estimular as habilidades sociais da criança com síndrome de down. Incentive que ela converse e brinque com outras crianças. Observar e imitar o comportamento dos coleguinhas é uma lição valiosa. Sempre que possível faça visitas a parquinhos e eventos infantis, como apresentações musicais e de teatro. Nessa hora, contudo, é preciso cuidar com a superproteção e o excesso de cuidados, pois a intromissão dos pais na brincadeira ou conversa pode acabar por inibir os amigos. Por fim, fazer aulas de arte ou praticar esportes em grupo também são boas opções de atividades para crianças com síndrome de down. 

Dicas de limpeza para todas as necessidades da casa. Se você está combatendo as manchas, clique aqui e descubra como limpar quase tudo!